Quando digo que gosto de tricot, muitos vêem-me assim:

Quando partilho o meu gosto por ginásio,  exercício e estar em forma, outros vêem-me assim:

Por vezes partilho o meu gosto por moda, tendências e estilo. Logo acham que sou, ou que quero, ser assim:

Se admito o meu estilo de vida alternativo e sigo uma alimentação saudável, a maioria acha que como apenas isto:

Quero contrariar esses rótulos e partilhar a confusão de ideias, gostos e convicções que, tudo junto, se transforma num passarinho que decidiu escrever um blog. No fundo existe uma esperança de motivar, não só a mim própria mas a outros e outras, a quebrar os rótulos e descobrir novas formas de se sentir bem, saudável e feliz.

Apertem os cintos, peguem no mapa.. e tentem não se perder!

Não é novidade. Mas quando vi um granny square gigante dividido a meio, atirado para o chão da loja, abandonado como um cachorrinho, não resisiti. Peguei nele, observei-o, atirei-o para cima de uma estante (não ia voltar a atirar para o chão ? ), e corri para a loja comprar lã.

Rápido e eficaz.

Prometo que para a próxima as fotos são melhores mas a vontade de querer partilhar foi maior do que a vontade de esperar pela máquina.

O nosso ninho não deve ser um reflexo de uma foto de revista, mas sim de nós, da nossa vida, seja esta partilhada ou não. Deve ser isso mesmo, um ninho, um lar.

Seja minimalista, ou cheia de naperons e tatarecos .. sente-te em casa!

(Se clicares na foto de cima podes ver mais exemplos de decoração com erva)

 

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.